A dieta mole é uma dieta baseada em alimentos de fácil digestão, já que, a princípio, esta dieta não foi projetada para perder peso, mas para oferecer um tratamento alimentar em caso de patologias gástricas como gastroenterite, vômitos, desordens gastrointestinais, infecções virais etc…


Trata-Se de uma dieta cujo principal objetivo baseia-se em facilitar a digestão, portanto, impede qualquer tipo de alimento seja irritante e potência, especialmente aqueles alimentos de caráter leve, com a finalidade de reduzir ao máximo os problemas do aparelho digestivo.


É especialmente indicada quando existe uma infecção no tracto digestivo, já que esta vai exigir, nomeadamente, um tratamento através de uma adequada alimentação.


Tabela de conteúdo


Quais os alimentos que devem ser consumidos na dieta mole?


Todos os alimentos que ingerimos no contexto de uma dieta mole devem cumprir com a condição de ser leves, de fácil digestão e não irritantes.


Geralmente são permitidos os seguintes alimentos, mas sempre vai existir uma pequena margem de variação, dependendo da doença específica que se deva tratar através da dieta mole:



  • Pão branco

  • Arroz branco

  • Batata cozida

  • Cenoura ralada

  • Verdura cozida (não se permite sempre, somente quando for bem tolerada)

  • Banana

  • Maçã

  • Sopa de farinha ou arroz

  • Carne de frango, peru ou coelho

  • Peixe branco

  • Ovo cozido ou omelete

  • Presunto de York

  • Peito de peru

  • Carne de marmelo

  • Chá com limão

  • Azeite de oliva em quantidade moderada

  • Água

Menu semanal



A dieta mole restringe grande parte dos alimentos e, além disso, por se tratar de uma dieta especialmente indicada para o tratamento de patologias que afetam o aparelho digestivo, requer também refeições que se realizem de forma frequente, embora, obviamente, em poucas quantidades.


Com o menu semanal que te propomos a seguir, você poderá entender melhor como é feita a dieta mole.


Segunda-feira



  1. Café da manhã: torrada de pão branco com azeite de oliva. Duas fatias de peito de peru. Uma infusão de chá verde com suco de meio limão

  2. Meio da manhã: Uma banana madura

  3. Almoço: Batatas cozidas com azeite de oliva. Uma maçã ao forno

  4. Lanche: Uma maçã ao forno. Uma infusão de camomila

  5. Jantar: Uma omelete. Uma maçã ralada

Terça-feira



  1. Café da manhã: Uma banana madura. Uma maçã ao forno. Uma infusão de camomila com meio limão espremido

  2. Meio da manhã: torrada de pão branco com azeite. Uma fatia de presunto de York. Uma infusão de chá verde

  3. Almoço: Sopa de arroz com caldo de legumes. Uma banana madura

  4. Lanche: Duas torradas de pão branco com azeite. Duas fatias de peito de peru

  5. Jantar: Uma batata cozida com azeite. Um ovo duro. Uma maçã ao forno

Quarta-feira



  1. Café da manhã: Duas torradas de pão branco com azeite de oliva. Duas fatias de presunto de York. Uma infusão de chá verde com meio limão espremido

  2. Meio da manhã: Uma maçã ao forno

  3. Almoço: Uma sopa de semolina com peixe branco. Uma banana madura

  4. Lanche: Uma torrada de pão branco com azeite de oliva. Uma banana madura

  5. Jantar: peito de frango grelhado. Uma guarnição pequena de arroz branco. Uma maçã ao forno

Quinta-feira



  1. Café da manhã: salada de banana e maçã. Uma camomila com meio limão espremido

  2. Almoço: Batatas ao forno com azeite de oliva. Peito de peru assado e sem pele. Uma banana madura

  3. Lanche: Duas torradas de pão branco com azeite de oliva. Duas fatias de peito de peru. Uma infusão de chá verde

  4. Jantar: Omelete. Forro de cenoura ralada. Maçã ao forno

Sexta-feira



  1. Café da manhã: torrada de pão branco com azeite de oliva. Uma fatia de presunto de York. Uma banana madura

  2. Meio da manhã: Uma infusão de camomila com meio limão espremido. Uma maçã ao forno

  3. Comida: Arroz branco com coelho assado. Salada de banana e maçã

  4. Lanche: Uma torrada de pão branco com azeite de oliva. Uma fatia de peito de peru. Uma infusão de chá verde

  5. Jantar: Sopa de arroz com caldo de legumes. Um ovo duro. Uma maçã ao forno

Segunda-feira



  1. Café da manhã: salada de banana e maçã. Uma infusão de chá verde com meio limão espremido

  2. Meio da manhã: torrada de pão branco com azeite de oliva. Uma fatia de presunto de York

  3. Almoço: Batatas ao forno com o peixe branco. Uma banana madura

  4. Lanche: Uma maçã ao forno. Uma infusão de camomila

  5. Jantar: peito de peru grelhado. Forro de cenoura ralada. Uma maçã ao forno

Domingo



  1. Café da manhã: Duas torradas de pão branco com azeite. Duas fatias de peito de peru. Uma infusão de camomila com meio limão espremido

  2. Meio da manhã: Uma maçã ao forno. Uma infusão de chá verde

  3. Almoço: Caldo de galinha com arroz. Uma omelete. Uma banana madura

  4. Lanche da tarde: salada de banana e maçã

  5. Jantar: Purê de batatas com azeite de oliva. Pescada grelhado. Uma maçã

Posso usar a dieta mole para emagrecer?


Não, absolutamente não. A dieta mole é muito restritiva por tudo o que está exclusivamente orientada para tratar patologias gastrointestinais, sob qualquer forma deve utilizar esta dieta para perder peso.


Além disso, no caso de pessoas vegetarianas, quando estas devem seguir uma dieta mole por problemas de saúde, perdem grande parte das proteínas, já que só podem comer ovo, no caso de que sejam ovo-vegetarianas.


Em conclusão, esta dieta deve ser empregada apenas por motivos de saúde digestiva. Não obstante, sim, que pode ser utilizada quando, devido a uma má alimentação, nos sentimos saturados de toxinas e precisamos limpar o nosso organismo.


Gostaria de saber como tenho passado de 68 a 50 kg sem fazer nenhuma dieta?


Eu tenho que admitir que não sou nutricionista, mas isso não quer dizer que não saiba sobre dietas (como pudeste ler). De fato, eu acho que eu tentei mais dietas que mais de um nutricionista 🙂


Meu maior caso de sucesso foi passar, há muito pouco tempo, de 68 a 50 quilos após empolgue muito. E isso que depois de engravidar mantive bem o tipo e fiz outras dietas que me iam bem.


Tudo foi graças ao Plano Revolucionário, um método que me ensinou a cozinhar e a comer comida de verdade, sem dietas e sem restrições típicas.


Se quiser saber tudo o que fez por mim este plano e a minha história pessoal, convido você a ler. Eu Te ajudará a e motivador para tirar esses quilos a mais!


Para sabe mais como emagrecer: https://oblogdapaty.com/quitoplan-funciona/